sexta-feira, 24 de março de 2017

Frogger


Nome: Frogger
Editora: Deanysoft
Autor: Dean Hickingbottom
Ano de lançamento: 2009
Género: Acção
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Kempston
Número de jogadores: 1

Frogger é um dos jogos que mais clones teve no Spectrum. E tudo começou com Horace Goes Skiing em 1982. A partir daí apareceram cerca de 50 jogos sobre o mesmo tema, e que nos recordemos, nenhum trouxe algo de novo que fizesse esquecer o Horace, que é aliás uma das figuras mais míticas dos videojogos.

E é precisamente o que temos aqui, um programa bem desenhado, gráficos e som limpinhos, acção fluída, mas o principal problema é mesmo a ausência de variedade, pois limitamo-nos a ajudar uma rã a atravessar a estrada, evitando ser atropelada pelo tráfico de hora de ponta, depois atravessar um rio de tronco em tronco, até alcançar a sua toca (não sabia que as rãs tinham tocas).


Quando colocamos as quatro rãs nas respectivas tocas, o jogo recomeça, agora com dificuldade extra, pois começam a aparecer cobras e crocodilos que nos dificultam a vida. E Frogger fica-se por aqui. É um jogo que agarra inicialmente, mas que rapidamente satura e que dificilmente voltaremos a carregar.

Sem comentários:

Publicar um comentário