quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Speccy Invaders


Nome: Speccy Invaders
Editora: Purples Studios
Autor: IceVA
Ano de lançamento: 2019
Género: Shoot'em'up
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Não
Memória: 48 K
Número de jogadores: 1

A competição BASIC 2020 continua a bombar a todo o vapor. E é mesmo disso que se trata, bombas e tiros, num novo clone de Space Invaders. Aliás, quem nos conhece sabe o carinho que temos por este jogo, na nossa opinião um dos melhores shoot'em'ups a aparecer para qualquer plataforma (vejam a review que deixámos a InvAGDers, por exemplo). Por vezes a simplicidade é tudo o que é necessário para se criar um jogo viciante e divertido, e essa ideia aplica-se a Speccy Invaders.

Os aliens estão a atacar a Terra STOP
Resiste e impede a invasão STOP
Elimina a NAVE-MÃE um MÍSSIL EXTRA STOP
Cada 5000 pontos VIDA EXTRA STOP

Instruções telegráficas é também tudo o que necessitamos para o conseguirmos jogar convenientemente. Isso e ter dedo leve no gatilho e muita destreza para nos desviarmos dos tiros dos alienígenas, que a partir de certo ponto (nível 20), disparam quase continuamente.


Os primeiros níveis são bastante pausados. Um tiro aqui, outro ali, os próprios alienígenas vão se movendo como autênticas tartarugas, e apenas um aselha não consegue impedir a invasão. Convém tentar acertar na nave-mãe, pois decerto irão reparar que também a nossa arma parece estar encravada, disparando quase ao ritmo com que os alienígenas se movem, mas de cada vez que temos um tiro certeiro na nave que vai aparecendo periodicamente no cimo do ecrã, é acrescentado um míssil à nossa arma, querendo isso dizer que ficaremos com uma cadência de tiro maior. E se nos primeiros níveis, com melhor ou pior performance, conseguimos desenvencilharmo-nos nos invasores, em níveis mais avançados é fundamental termos os mísseis extras, doutra forma rapidamente os inimigos chegam ao Planeta Terra.

E quando é que o jogo termina? Pelo que nos apercebemos, apenas termina quando se perdem todas as vidas (perde-se uma vida quando se é atingido por um disparo inimigo), ou quando a invasão acontece, isto é, independentemente do número de vidas que temos, se os alienígenas chegam ao ponto em que a nossa nave se encontra, é Game Over.


Speccy Invaders é então o jogo perfeito para se tentar bater recordes. Não tendo fim, ou pelo menos assim o parece, o principal objectivo é fazer a maior pontuação possível. A partir do nível 20 a velocidade torna-se frenética (nem parece programado em Basic) e torna-se frustrante chegar até esse ponto sem se ter perdido uma vida, e de repente perder-se todas num ápice, ou pior, acontecer como em cima (nível 22), em que somos invadidos ainda com imensas vidas em carteira.

Curiosamente, e mesmo sendo programado em Basic compilado, os sprites têm uma dimensão interessante, não interferindo com a velocidade da acção. E até o som é engraçado, contribuindo ainda mais para uma experiência gratificante.

Speccy Invaders talvez não venha a ser o vencedor da competição BASIC 2020, dado a complexidade de algumas das propostas já apresentadas, mas sem dúvida que ninguém irá dar o tempo por perdido a jogá-lo. É viciante, é aditivo, e é sem dúvida uma proposta vencedora, independentemente da posição que venha a ter no concurso.

Sem comentários:

Publicar um comentário