terça-feira, 2 de maio de 2017

The Treasure of Lumos (O Tesouro de Lumos)


Nome: The Treasure of Lumos (O Tesouro de Lumos)
Editora: NA
Autor: Jaime Grilo
Ano de lançamento: 2017
Género: Plataformas
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Não
Número de jogadores: 1

No meio de tantos jogos novos que apareceram nos últimos tempo não podia faltar o produto tuga. E apareceu pela mão de Jaime Grilo, que se estreou nestas andanças com The Treasure of Lumos, ou O Tesouro de Lumos, se preferirem a versão portuguesa. Optámos pela inglesa, mas a única diferença, julgamos nós, está mesmo na tradução. Optámos também pela versão 2, que afinou o sistema de colisão relativamente à versão prévia.

Estamos então perante um típico jogo de plataformas que vai buscar a sua inspiração a Matthew Smith e aos célebres Manic Miner e Jet Set Willy. Neste caso o nosso herói não tem ainda nome ou profissão definida, mas a missão é semelhante: recolher todos os objectos e tesouros que ficaram escondidos na gruta de Lumos. São quarenta os que se encontram por lá espalhados, mas se recolherem apenas trinta e cinco já cumprem com a missão, se bem que a vossa pontuação sofra com isso.


A seu favor, Treasure of Lumos possuí uma boa jogabilidade e consegue manter o interesse, pelo menos até chegarmos ao seu final. O sistema de colisão parece agora adequado, aspecto fundamental em jogos deste género nos quais a precisão dos movimentos é ponto fulcral. Os gráficos são simples, semelhantes a muitos jogos do género do início da era do Spectrum, mas perfeitamente funcionais.

Mas também possuí alguns aspectos a melhorar, o que não é de estranhar, dado ser o primeiro trabalho de Jaime Grilo. Em primeiro lugar e aquela que nos parece a maior pecha é o nível de dificuldade, que é muito pouco elevado. Não sendo o jogo muito comprido (terá à volta de quinze ecrãs) e com cinco vidas iniciais à nossa disposição, muito rapidamente chegamos ao seu final. E depois dificilmente lhe voltamos a pegar.

Outro aspecto que no nosso entender tem margem para melhorar será o som. Seria agradável ter uma musiquinha para nos alegrar enquanto recolhemos os tesouros. No fórum ZX Spectrum da Arrecadação poderá haver elementos tarimbados nestas andanças que se ofereçam para ajudar nesta tarefa.

De qualquer modo, para primeiro trabalho Jaime Grilo está de parabéns e esperemos que mais jogos venham a caminho.

Podem aqui descarregar a versão inglesa ou se preferirem a portuguesa, venham aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário