domingo, 26 de janeiro de 2020

War Stars


Nome: War Stars
Editora: NA
Autor: AsteroideZX
Ano de lançamento: 2020
Género: Acção
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Não
Memória: 48 K
Número de jogadores: 1

Já por diversas vezes elogiámos os jogos de AsteroideZX, bem como o seu curso de Basic. Além disso, temos um carinho especial pelos jogos programados em Basic, remetendo-nos para a infância, quando olhávamos maravilhados para o Spectrum e para o que umas simples linhas de código conseguiam fazer. E AsteroideZX, Ivan Basic, Azimov, ou em Portugal a Espectroteam (Filipe Veiga, Mário Viegas, Pedro Pimenta e André Leão), entre outros, têm contribuído para perpetuar esta linguagem de programação. Dito isto, AsteroideZX lançou mais uma pequena brincadeira, esta com contornos diferentes dos habituais, como iremos ver.

Assim, War Stars é um remake de um outro que saiu como um type-in na revista "RUN Encyclopedia Pratic of Spectrum" No. 14, chamado de Arácnidos. Mas AsteroideZX fez mais que isso, introduziu uma série de alterações que transfiguraram completamente o original, nomeadamente ao nível estético. Basta olhar para as imagens abaixo, na qual a da esquerda representa o jogo original, e o da direita, esta nova versão.


Em primeiro lugar, e aquela mais visível, o ecrã parece-se agora com um LCD da popular colecção Game & Watch, da Nintendo, que tão em voga tem estado ultimamente (ver ZX Parachute, por exemplo).

Os sprites (UDG's) continuam a ser quatro, mas têm agora um aspecto muito mais limpo, com cores melhor definidas, mais uma vez fazendo lembrar os antigos LCD's. Até o som recria o destas antigas máquinas, demonstrando que nenhum pormenor ficou esquecido.

Claro que sendo inteiramente programado em Basic, não existem milagres, e assim a mecânica do jogo e a própria velocidade permanecem intactos, isto é, como o original. Mas se pensam que por ser Basic o jogo é lento, experimentem e vão ver.


O objectivo é também muito simples, tal como habitual nos type-ins: as aranhas, tal e qual ninjas, vão tecendo a teia e descendo o ecrã. Cabe a nós acertar-lhes uma boa sprayzada, pelo menos no original era como chamavam aquilo que disparávamos. Se atingirmos a aranha esta desaparece, mas se esta chegar ao último patamar, é a morte do artista. E tudo se resume a tentar fazer o maio número de pontos. Simples, mas eficaz e divertido...

Como AsteroideZX não descura nenhum pormenor, juntamente com o jogo, disponibiliza muita informação útil que visa ensinar-nos os truques de Basic. E além disso incluí ainda a versão original, juntamente com a revista onde apareceu, a RUN Encyclopedia Pratic of Spectrum" No. 14.

Perante tudo isto, e apesar de ser uma brincadeira visando fins didácticos, War Stars joga-se com muito prazer e merece que se dê uma espreitadela. Façam de conta que têm uma nova LCD nas mãos...


Sem comentários:

Publicar um comentário