quarta-feira, 31 de maio de 2017

New Puzzle


Nome: New Puzzle
Editora: Siberian Group
Autor: Alexey Chervou, Vladistlau Yuvjenko, Valentin Paulukevich, Anton Raenko, Roman Tutkevitch, Artem Kisilenko
Ano de lançamento: 2001
Género: Puzzle
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Não
Número de jogadores: 1

Em 2001 os jogos lançados para os clones russos do Spectrum começavam a rarear, pois já eram poucos os utilizadores ativos (a maioria, mesmo nos países do Leste, já tinham avançado para as máquinas mais potentes). Por isso a qualidade dos jogos também vinha a diminuir, exatamente como no caso de New Puzzle, que até no nome do programa é pouco inovador. E tal como esperaríamos, estamos perante um puzzle, pouco inspirado a todos os níveis, diga-se. Mesmo a nível gráfico, um dos pontos fortes dos clones russos, New Puzzle é muito fraco.

O jogo resume-se a colocarmos os pontos vermelhos numa determinada posição no tabuleiro. Para isso temos que os ir arrastando para o local que pretendemos. Mas o problema é que quando os arrastamos, não só movemos o ponto que queremos, mas também toda a coluna ou linha, fazendo com que os restantes pontos também saiam da sua posição. New Puzzle exige assim de nós muita estratégia para que consigamos colocar os pontos nos sítios correto, sem estragar os restantes, um pouco à semelhança do cubo de Rubik.


No entanto o conceito do jogo está longe de ser tão atrativo como o do cubo de Rubik, por exemplo (para dizer a verdade, nem sequer se aproxima). E o facto do som ser inexistente, os gráficos pouco atrativos e os desafios apresentados pouco aliciantes, fazem com que New Puzzle esteja abaixo da mediania e que não entusiasme minimamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário