sexta-feira, 26 de junho de 2020

Corrida de Caracóis (MIA)



E hoje temos um verdadeira bomba. Assim, um dos jogos que procurávamos há mais tempo, Corrida de caracóis, foi finalmente recuperado e encontra-se preservado para a eternidade.

Podemos dizer que foi uma longa epopeia até conseguirmos chegar aqui. O jogo permanecia praticamente desconhecido, ou pelo menos esquecido, dos membros do fórum ZX Spectrum Directo da Arrecadação (ZXSDDA). No entanto lembrava-me bem da sua existência, pois quando criança, cheguei a jogá-lo com os meus primos. Não me lembrava era da sua complexidade, bem disfarçada na sua aparente simplicidade. Mas já lá vamos...


Assim, a cassete que pertencia ao meu primo já não existia. Por mais esforços que fizéssemos para a encontrar, nunca fomos bem sucedidos. Depois, num aparente golpe de sorte, o Miguel Lopes oferece-nos um lote de cassetes onde vinha o jogo. Azar dos azares, no meio de mais de 100 jogos, era o único que estava estragado.

Mas a sorte parecia querer mudar, pois o João Diogo Ramos e o Museu Load ZX Spectrum emprestou-nos um lote de revistas MicroSe7e para preservar, juntando-as aos primeiros números que em tempos já tínhamos disponibilizado pela comunidade. E eis que no suplemento número 36 (aqui), é dado destaque precisamente a este jogo. Mas faz mais do que isso, pois Pedro Osório, autor de Corrida de Caracóis e famoso compositor português, conta um pouco da sua história. Apercebo-me então que o jogo foi criado em parte para os seus filhos. Decidi mudar a abordagem, pois a probabilidade que os familiares ainda tivessem o jogo era grande.

Depois de uma exaustiva busca pela internet, chego a um endereço de email que me pareceu prometedor e resolvo arriscar, sem sequer saber se estaria a falar com a pessoa certa. Envio uma mensagem de correio, e eis que imediatamente tenho uma resposta. Estava a falar com a pessoa certa, com o filho de Pedro Osório. Infelizmente já não tinha a cassete, mas tinha algo tão valioso como essa e que felizmente e confiando em mim, me fez chegar: o single (7") que acompanhava a cassete. Sim, junto com o jogo vinha um disco com duas músicas, que preservámos, encontrando-se juntamente com o restante material que disponibilizamos.


Mas a busca por Corrida de Caracóis não estava terminada. Um aparte, apenas: temos uma lista de cerca de uma dezena de jogos que procuramos muito afincadamente, mas de alguma forma este sempre foi aquele que tive mais esperanças que fosse encontrado. Talvez pelas recordações a ele associadas.

E eis que chega o segundo golpe de sorte. Uns dias antes tinha colocado em destaque no fórum ZXSDDA alguns dos jogos que mais procurávamos, estando naturalmente Corrida de Caracóis. E de repente, vindo no nada e de forma quase casual, aparece um novo membro. O Ricardo Mendes lê o post e lembra-se que tem o jogo em casa. Resolve procurá-lo, encontra-o, carrega-o e vemos que está a funcionar. Falta agora passar para um ficheiro .wav, para depois podermos fazer a conversão para .tzx. Não perde tempo, arranja rapidamente os cabos em falta, e depois de umas afinações normais no azimute do datacorder, conseguimos chegar a uma versão funcional do jogo.

Corrida de Caracóis está então finalmente disponível para a comunidade portuguesa, depois de longos anos perdido. E o jogo é bom. Muito bom, mesmo. Traz-nos à memória um outro jogo mítico português, Brum Brum, Mas também Formula One, que ainda recentemente foi considerado o jogo preferido dos leitores de Planeta Sinclair.


Embora possa ser jogado apenas por um jogador, bastando para isso dar o nome de "ZX..." aos restantes jogadores, é ideal para ser partilhado com a família. E ao contrário do que aparenta à primeira vista, é muito mais abrangente que um simples jogo de apostas. Tem muita estratégia e gestão de recursos associada, tendo opções como compra e venda de caracóis, apostas múltiplas, e mais algumas funcionalidades. As próprias corridas apresentam algumas nuances, como uma primeira meta que concede bónus de movimento aos três primeiros caracóis que a ultrapassam, e uma segunda meta que concede dinheiro. Além disso vão aparecendo trevos que conferem energia aos caracóis, permitindo-lhes dar mais uns passos sem estarem dependentes da sorte. De resto, é tudo uma questão de probabilidades...

Mas a prosa vai longa, devem estar ansiosos para experimentar o jogo. Podem aqui descarregá-lo, sendo que tem uma primeira parte com instruções, seguindo-se depois o carregamento do bloco do jogo.
   

4 comentários: