sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Three Octopuses


Nome: Three Octopuses
Editora: NA
Autor: Алексей Кашкаров
Ano de lançamento: 2017
Género: Ação
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Kempston, Sinclair
Número de jogadores: 1

Confessamos que este lançamento apanhou-nos de surpresa, mas hoje, ao deambularmos pelos habituais fóruns para consulta de novidades, apareceu-nos este jogo que não tinha sido ainda anunciado (pelo menos que tivéssemos reparado).

Em Three Octopuses, três polvos bebé vão visitar a avó. A progenitora anda atarefada na sua toca com as lides domésticas e o papá polvo ainda não regressou do trabalho, tendo contratado a enfermeira que os ajudou a criar os rebentos. Essa enfermeira, na figura de uma medusa (somos nós, pois claro), no meio de muitos perigos e obstáculos, terá que guiar as três crias em segurança até à gruta da avó.


A história é bastante original e pode ser resumido no ecrã de abertura do jogo (que deixamos acima). Mas a tarefa é tudo menos fácil. A começar pelo controlo da medusa, que devido à inércia, e até se conseguir controlar devidamente o seu sistema de movimentação, tem que se suar muito. E isso é fundamental se queremos levar a tarefa a bom termo, pois controla-se as crias dando-lhes pequenos toques com a medusa, que as vai dirigindo ao longo das cavernas. Tentem, no entanto, não andar por cima das crias, pois elas têm cócegas e fogem de nós. Um aspeto interessante do jogo são os três níveis de velocidade da medusa, mas aconselhamos a não optarem pelo mais rápido enquanto não dominarem o seu sistema de movimentação.

Mas também os obstáculos são mais que muitos. O próprio sistema de cavernas, na sua maioria das vezes e devido à sua morfologia, com arestas por todo o lado, empurra as crias para onde não deve. E se as crias tocarem no fundo ou forem apanhados pelos caranguejos que andam sempre esfomeados, perde-se uma vida.

Mas existem outros obstáculos. As bolhas de ar a maior parte das vezes são um empecilho, mas poderão ser aproveitadas para fazer as crias subirem e deslocarem-se para pontos mais seguros da caverna. Aliás, há mesmo alguns pontos que sem essa ajuda extra, dificilmente lá chegam.


Graficamente Three Octopuses é muito interessante. Com cenários muito coloridos e sprites bastante apelativos, é um regalo para a vista vaguear pelos cenários do jogo. No entanto, tendo sido criado através do AGD, e porque ainda não chegámos ao seu fim (o nível de dificuldade é elevado) supomos que não haverá tantos ecrãs como isso. Outra das limitações dessa ferramenta é também não permitir o scroll dos cenários, que neste caso poderia favorecer o sistema de movimentação no jogo.

Mesmo não sendo um jogo deslumbrante (nem Three Octopuses teria essa pretensão), sendo gratuito merece que se dê uma espreitadela. Já vimos muita coisa pior, e a pagar. Podem descarrega-lo aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário