terça-feira, 29 de setembro de 2020

Jogos Magnetic Scrolls para Spectrum Next


Infelizmente, ultimamente o tempo tem sido pouco para darmos conta das muitas e boas novidades que vão aparecendo. Assim, fomos descurando o Spectrum Next, não que tenhamos menos consideração por este computador, muito pelo contrário (não o dispensamos de utilizar diariamente), mas porque o tempo não estica e temos dado prioridade à preservação das muitas cassetes com MIA's que temos comprado ou que nos têm emprestado. Em média, para recuperar um programa para o ZX81, devido à baixa qualidade das gravações, são quatro a cinco horas. E temos uma boa centena de MIA's por aqui...

Entretanto, desde a última vez que tínhamos falado da Magnetic Scrolls, na altura dando conta do lançamento iminente de The Pawn, muita coisa boa aconteceu. Não só a Strand Games remasterizou para o Spectrum Next alguns jogos desta mítica editora, como ainda lhe acrescentou gráficos fenomenais, música, velocidade e outros pequenos pormenores, mas mantendo-se sempre fiel ao espírito dos 8 bits e do ZX Spectrum. Se bem se recordam (pelo menos quem experimentou algum dos jogos desta editora, certamente não o esqueceu), destinavam-se quase exclusivamente ao Spectrum +3 (The Pawn era para o toastrack, pois foi lançado em 1985).


Tudo começou precisamente com The Pawn, que foi justamente aclamado por toda a crítica e utilizadores, tornando-se objecto de culto de todos aqueles que gostam do género. O jogo para o Spectrum Next poderá aqui ser descarregado e podem aproveitar para ver a qualidade dos ecrãs, que não deixam ninguém indiferente. Foi também logicamente o primeiro do catálogo da Magnetic Scrolls a convertido.

Dois anos mais tarde, em 1987, surge The Guild of Thieves. Foi muito tempo de espera, mas compensou largamente, pois o jogo estava ao nível de The Pawn e perpetuou a boa impressão deixada com este. Poderão aqui descarregá-lo.

Não foi preciso esperar muito tempo pelo terceiro jogo, pois no mesmo ano apareceu Jinxter, mais uma vez considerado justamente como uma obra prima. Lembramo-nos bem do aparato que este lançamento teve em revistas como a Your Sinclair, criando uma imagem que editora alguma de jogos do género conseguiu igualar. Jinxter poderá aqui ser descarregado.


Para o jogo seguinte, Corruption, de 1988, a Magnetic Scrolls mudou um pouco a narrativa e a mecânica de funcionamento da aventura. Estamos aqui perante um thriller, onde mais importante que a resolução dos quebra-cabeças, é a forma como interagimos com os restantes personagens. A acompanhar a cassete com o jogo vinha incluída uma cassete de áudio para ser tocada em certos pontos da narrativa. Para descarregar a versão para o Spectrum Next basta aqui virem.

Ainda em 1988 foi lançado Fish, último dos jogos para o Spectrum comercializados da forma tradicional. É uma aventura com uma mecânica mais de acordo com as primeiras da Magnetic Scrolls, mas continuando a ser elogiada por todos. Poderão aqui descarregá-la.

Ainda houve tempo antes desta editora desaparecer do horizonte do Spectrum, para lançar uma última aventura (neste caso uma mini-aventura). Myth apenas foi distribuído em 1989 através do clube de aventuras Offical Secrets e ainda hoje não está disponibilizado nas principais páginas do Spectrum. No entanto poderão aqui obter a versão para o Spectrum Next.

Estes três últimos lançamentos ainda não estão remasterizados (sê-lo-ão em breve), mas mesmo no formato original são imprescindíveis para quem aprecia o género.


Mas a história da Magnetic Scrolls não termina aqui, pois a Strand Games gentilmente cedeu uma compilação com estes seis jogos, inclusive disponibilizando uma capa e a etiqueta para o cartão SD, permitindo-nos criar o lançamento físico. É uma belíssima ideia e, quem o pretender, apenas tem que vir aqui descarregar o material. A página incluí as instruções para gravarmos o cartão, criando o próprio sistema de arranque.

Um último jogo, Wonderland, que nunca foi lançado para o ZX Spectrum, está entretanto a ser convertido para o Spectrum Next. Será a cereja no topo do bolo e que contamos anunciar assim que tenhamos mais informação.

O nosso agradecimento a Stefan Bylund, não só por ser responsável pelas conversões para o Spectrum Next, mas também por nos ter dado informação privilegiada sobre estes jogos.

Sem comentários:

Publicar um comentário